1 de abril de 2012

Mágico Monsil-Mágicos censurados por mágicos

Uma questão para o público em geral e para os amigos mágicos.
É importante a apresentação da mágica na mídia como na televisão? Parece uma pergunta idiota de mais, porém o motivo de estar tocando nesse assunto é que tenho visto no meio dos mágicos críticas sem fundamentos quando algum colega de profissão aparece na TV, são comentários inúteis e sem importância chega a soar como ciúme ou frustração por não estar lá.
censuraNa minha sincera opinião, quando um mágico é convidado para participar de um programa de TV num programa de variedades por exemplo, como Eliana, Programa do Jô, Domingo Legal ou qualquer outro é porque a intenção do programa é mostrar números de mágica, um momento de entretenimento de descontração tanto para o programa que convida quanto para os espectadores que assistem, ninguém quer saber se o mágico conhece corretamente as técnicas do ilusionismo, se ele está se comportando da forma “correta” ou qualquer besteira assim, o público quer ver o show que o mágico vai apresentar e não o seu conhecimento técnico.
Quando vamos ao médico a única coisa que queremos saber é se ele tem a resposta para a nossa enfermidade, não me importa se ele sabe qual o nome da bactéria que está no meu corpo, ou se ele está segurando corretamente os seus aparelhos. Não me importa a teoria mas sim a prática.
Existem colegas mágicos que parecem ser eternos julgadores, tudo que veem é motivo de julgamento sem noção, quando não acham o que julgar na mágica em si começam a falar que a roupa é inadequada, que o estilo não tem nada a ver. Calma lá gente, é mágica ou concurso de moda? E outra coisa, aonde está escrito qual o modo que o mágico deve ser, existe um padrão que eu não conheço?tv
Cada profissional sabe o estilo que vai adotar, com cartola, sem cartola, social, descolado, personagem, seja lá qual for… O bonito de toda arte é o individualismo e originalidade, a mágica não deve ser uma fôrma onde todos saem iguaizinhos, falando e atuando sempre do mesmo jeito.
Resumindo, quem paga o cachê do mágico é o público, ele que tem que gostar ou não, se cada um cuidar do seu trabalho com certeza iremos ganhar muito com isso, porque geralmente os que só reclamam e criticam são os piores.
Vamos apreciar mais a mágica e parar de se sentir o dono da verdade, um bom profissional reconhece o talento de seus colegas e não fica com medo da concorrência ou de ser comparado com o  “mágico da televisão”, o sol nasceu para todos, conquiste o seu espaço do seu jeito e pare de querer fazer sombra nos outros.
Claro que essa postagem é para uma minoria de PROFISSIONAIS que se acham os bam bam bam e se você se sentiu ofendido com ela deve ser porque provavelmente é um deles. E você? O que pensa de tudo isso, acham certo esses julgamentos maldosos, sem conteúdo nenhum, ou será que eu que estou malvado de mais, rsrsrs? Deixe o seu comentário pois ele é muito importante para o nosso crescimento profissional.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...