30 de abril de 2013

Mágico é um trabalhador ou um ocioso?

Esse é um artigo polêmico, divertido e ao mesmo tempo reflexivo, todo artista (nesse caso os mágicos) já passaram por isso ou ainda vão passar. É a velha história da arte não ser vista como trabalho, já passei por essa situação diversas vezes, principalmente no começo da carreira onde pessoas na maior inocência me perguntavam:
_ O que você faz?
_ Eu sou mágico.
_Humm, e você trabalha também?
_........
 Que tipo de pergunta medonha é essa? Como assim: Você trabalha também? A mágica é uma profissão regulamentada no Brasil e reconhecida...bom pelo menos reconhecida na teoria porque na prática não funciona bem dessa forma. E não é só com a mágica muitas artes passam por esse problema de desinformação e falta de cultura do público leigo, as pessoas não enxergam a mágica como um trabalho, para elas é uma diversão, um hobby ou no máximo um "bico". Mal sabem que a mágica é uma arte complexa e necessita muita dedicação como é possível verificar no artigo Magica e Ciência: Enganando o Cérebro
Os brasileiros ainda têm uma visão distorcida do que significa trabalho, devido ao nosso povo ter vindo de uma história sofrida e um tanto quanto penosa, o conceito que muitas pessoas têm de trabalho é uma atividade que você precisa acordar cedo ficar no mínimo 8 horas por dia em seu ambiente de trabalho, você precisa cansar, se entediar e até sofrer um pouco para que alguém possa dizer: _Puxa o fulano trabalha bastante né... Caso contrário se você não tiver uma atividade que se enquadre nesses padrões, você é visto como quem não gosta de trabalhar, como irresponsável e até mesmo como vagabundo, dá pra acreditar? Pois é isso mesmo meu povo lindo.
Eu achava que isso era só na minha cidade, por casa da velha história que já foi retratada na postagem: Santo de Casa faz Milagre Sim mas não é. Antes eu ficava incomodado com isso, hoje sou bem tranquilo e até acho graça quando esse tipo de pergunta chega até mim, e fiz esse artigo para tranquilizar você também meu amigo artista, você não precisa provar nada a ninguém, seus atos e conquistas falarão por si mesmo, leve na brincadeira e não se sinta ofendido, você vai se estressar sem motivo, porque não é só no seu bairro, só na sua cidade, você vai encontrar pessoas assim em todo lugar, enquanto as preocupações forem saúde, moradia, educação e infraestreutura (que são importantes também) e a cultura for deixada de lado como um simples entretenimento sem futuro e sem retorno, nosso público será assim; com essa visão limitada de que cultura é coisa de ocioso.
Mas fica aqui uma dica: Onde existe um bom trabalho artístico e cultural e esse trabalho é valorizado e reconhecido, não existe tanto problema de saúde, pois as pessoas frequentam e participam de atividades culturais e dessa forma ficam mais felizes diminuindo doenças no sistema nervoso, doenças no coração, elas também terão uma visão mais crítica do mundo que as cerca e dessa forma serão mais conscientes e presentes nos acontecimentos e nas decisões tomadas em sua volta.
Pensando bem, talvez seja esse o problema, a arte e cultura abre os olhos das pessoas em muitas áreas, as deixa mais independentes e conscientes e quem sabe seja exatamente por isso que ela é deixada de lado, pois de certa forma se transforma numa arma do bem poderosa para as pessoas, uma arma de libertação. Esse assunto foi tratado também aqui no blog em outro artigo, clique aqui.
É acho que agora entendi porque no Brasil a cultura é tão desvalorizada e excluida socialmente, bom sendo assim a única coisa que me resta é responder da seguinte forma:
_O que você faz?
_Eu sou mágico.
_Humm... E você trabalha também?
_ Me defina o que é trabalho?  Mas antes escolha uma carta...


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...